sábado, dezembro 23, 2006

...e porque o Mundo precisa de Paz...


... não devemos esquecer a... Guerra...

Poema de Heloísa BP
Declamado por Henrique Sousa
(Desligar p. f. a música de fundo para ver e ouvir o vídeo)

22 comentários:

  1. Que essa brecha se abra e o amor retorne aos corações dos homens.

    Umas boas festas para si.

    ResponderEliminar
  2. Que Deus encha de bênçãos a quem quer bençãos, dinheiro a quem quer dinheiro, paz e amor para todos...

    Mas façamos todos nós um pouco de esforço para isso. Todos juntos, façamos um cordão humano a volta do planeta para que não se destrua mais. O meio ambiente, o clima social, enfim, tudo.

    Amen!

    ResponderEliminar
  3. Olá Amiga!
    Obrigada por este presente.
    LINDO!
    É verdade que tal como diz o Poema e seu "diseur" -"o tempo é de guerra, o tempo é de dor..."
    Mas começa, creio, a ver-se uma friesta por onde se insinua uma tira de bandeira branca...
    Esperemos...
    Por mim, continuo a acreditar que tudo é possível, até a PAZ e a ter
    ESPERANÇA!...
    Um beijo enooooooooooorme da
    MM.

    ResponderEliminar
  4. Excelente o poema, Terivelmente, excelentes as imagens.
    Bem hajam os dois por se lembrarem que no natal não chega falar de luzinhas e de sininhos e de Pais natais e de meninos jesus... e obrigado à anfitriã do blogue pela oferta

    ResponderEliminar
  5. A Heloisa é um ser humano incrivelmente bom e de tremenda sensibilidade. Deixo-lhe a lea um beijo e às duas o desejo de um Natal excelente, seja lá isso, o que for.

    ResponderEliminar
  6. Concordo Perfeitamente!

    Boas Festas e um ano extraordinário para esta a excelente "Poesia Portuguesa", e seus divulgadores, claro.

    ResponderEliminar
  7. Excelente e levei para o meu blog muito pessoal "Tudo e Nada", com os devidos créditos:)
    beijos e Bom Natal*

    ResponderEliminar
  8. Aí o tempo tão frio lá fora,
    Mas em casa há calor agora
    E nós pela janela a olhar:
    Está a nevar! Está a nevar! Está a nevar!

    Há um belo bolo bom na mesa,
    E uma vela bonita acessa,
    O Natal está quase a chegar,
    Está a nevar! Está a nevar! Está a nevar!

    Quando acordamos de manhã,
    O sol espreita pela janela.
    Só não queremos que a neve acabe
    Tão branca, suave e bela!

    Acordamos e continua,
    Muito frio a viver na rua
    E o dia nasce a cantar:
    Está a nevar! Está a nevar! Está a nevar!

    Um dia vamos conseguir
    Que haja paz e amor para todos,
    E aí o mundo vai cantar:
    Está a nevar! Está a nevar! Está a nevar!

    Quando logo ao dizer "boa noite",
    Com vontade de adormecer
    Volta a neve a cair lá fora
    E o dia quase a nascer...

    Nesta linda noite de Natal,
    Vamos abrir muitos presentes
    Vamos cantar até nos cansar:
    Está a nevar! Está a nevar! Está a nevar!

    FELIZ NATAL PARA TODOS VÒS, carinhosamente Memorex

    ResponderEliminar
  9. "E repetem-se as palavras porque se repetem os sentimentos nelas contidos..."
    De Heloisa

    Fazer do espírito do Natal a regra e não a excepção. Mas mal passa a quadra, começarão de novo as desgraças, as guerras prosseguem, a miséria não é combatida, etc..
    Mas nós continuaremos a falar, a poemar, a barafustar. Não nos calarão.
    Bem-haja, Menina Marota.

    ResponderEliminar
  10. Venho deixar o desejo que o Natal deste ano seja, o mais possível, o reflexo dos valores do Presépio de há dois mil anos. João Lopes

    ... e muita poesia em 2007!

    ResponderEliminar
  11. Desejo-te um Feliz Natal e um excelente ano de 2007.
    Abraço

    ResponderEliminar
  12. A tua selecção continua a encantar todos aqueles que são convidados a visitarem de vez em quando o teu blogue.
    Hoje como amigo prometo que não vou enviar quadras neste humilde comentário.Aproveito a oportunidade para salientar tudo aquilo que neste ano fizestes em prol da divulgação da nossa Poesia.
    O poema para mim tem várias interpretações e que eu próprio já divulguei no meu blogue Pensador, não sei a razão da falta de comentários, talvez o motivo esteja na dificuldade de contactar com o meu mail anterior, que neste momento não é possível aceder.
    Por esse motivo tive de criar um novo mail que espero que a prezada amiga divulga para quem gostar de comentar o meu blogue ...
    filosofocriativo.hotmail.com
    Sem mais me despeço desejando a todos os estimados bloguistas e para a Amiga e a Menina Marota em especial um Natal muito feliz com paz e harmonia familiar, umas boas despedidas de 2006 e umas excelentes entradas em 2007. E que o teu empenho não desvaneça, mas sim que floresça.

    ResponderEliminar
  13. RosaTeixeiraBastos23 dezembro, 2006 22:11

    Não devemos, nem podemos.
    Porque não é possível esquecer a guerra que nos cerca e cujo cerco se aperta a cada dia que passa...
    Precisamos de um milagre: um ano novo sem guerra.

    Boas festas para todos.

    ResponderEliminar
  14. Como dizia a poeta

    "Vemos, ouvimos e lemos,
    não podemos ignorar..."

    Obrigada por este post, lindíssimo.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  15. MIHA AMIGA MUITO QUERIDA*,
    Olhe, mais uma vez me deixa MUDA de Emocao pela Sua SOLIDARIEDADE!
    Vi Seu e-mail mas so' agora consegui Aqui chegar!

    So' posso dizer A TODOS* aos que ja' conheco BEm e aos que conheco menos bem_OBRIGADA!!!!!
    O MELHOR NATAL PARA CADA UM DE VOS!!!!!

    NATAL



    *EM NOSSOS CORACOES.
    E...
    *2007*
    COM PAO FLORES E PAZ
    NAS MESAS DO MUNDO!
    *********************************** MEU ABBRACO****

    ResponderEliminar
  16. Olá boa noite.
    Celebra-se a época do Natal, que como tudo será rica e festiva para uns e a outros nem por isso, é com esses que o nosso pensamento tem que estar é a esses que desejamos o melhor de tudo, numa altura em que a ausência nos fere e entristece como nunca.

    Um Feliz Natal.

    João C. Santos

    ResponderEliminar
  17. EXCELENTE !!!!!!

    Beijinho Grande de Boas Festas para ti e os teus ;-)

    ResponderEliminar
  18. Fiquei sem folego Menina!!! A musica, a poesia, as imagens!! Te admiro muito sabias?! Sempre preocupada com os outros e a sua solidariedade já vista neste e no outro blogue sua pertença me encanta e derrete minha alma.
    Beijão em vc e boas festas pra todos .-)))

    ResponderEliminar
  19. Por questões óbvias não consigo comentar. Ainda está tudo aqui, comigo e para sempre!
    Bj de PAZ, sempre

    ResponderEliminar
  20. Bem-haja, Otília, bem-haja!
    Que a paz seja alcançada em breve.

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,