quarta-feira, dezembro 27, 2006

Poesia...

Óleo de Tim Schaible


Se as aves partirem
e os amigos sumirem;
Se o céu trovejar
e o amor se apagar;
Se o mundo morrer
e a dor vos doer;
Se a solidão vos surgir
e de medo ferir;
Se a terra gretar
e ninguém escutar;
Se a roda da vida
vos deixar sem saída...
Ainda assim,
ter-me-ão a mim!

(Poema de
Amaral Nascimento in Laramablog )



Imagem Google

32 comentários:

  1. A cereja em cima do bolo!!!

    Que 2007 venha pleno de venturas!!!

    Parabéns pelo blogue e pela rara sensibilidade poética aqui sempre em alta!

    ResponderEliminar
  2. É um prazer "ver-me" nesta Casa Da Poesia Portuguesa!
    Obrigado por me teres escolhido, só que não sei se mereço constar nesta exposição onde tão bem se canta em português!...
    Até o piano de Cory Reese me dá um prazer especial ouvi-lo fora do meu cantinho...
    Que este ano de 2007 traga mais poesia! Poesia vinda do coração! Poesia de lugares longínquos onde "somos" de verdade!

    ResponderEliminar
  3. O poema é formidável. Parabéns pela escolha e também ao autor.
    Excelente 2007.
    Bj

    ResponderEliminar
  4. .....{*.\.....(*~*~*).../}
    ....{.~.*\....////^^\../~}
    ....{*....\..(((/.6.6./.*}
    ....{..*.~.\.)))c..=.)*..}
    .....{*...*.////_/~`.~.}
    ......{~.*.((((.`.`\.*}
    .......`{.~.)))`\.\))_.-:*
    ..........`{.(()..`\_.-`.`:
    ............`)/.`..|
    .............(....\ \
    ..............\....\ .\
    ........_ .__\...| /
    ........|` `...``Y;
    ........|./``-../../
    ........`......|./
    ................/.`-._
    Tenho um anjinho que tem um martelinho
    E em cada martelada distribui um carinho
    Espero que em 2007 te dê uma valente sova!
    Mas…
    Hoje este anjinho anda a distribuir um beijinho
    Com votos de um Feliz 2007
    Com muito carinho e amizade

    ResponderEliminar
  5. Quando pretendemos ler poesia escolhida e bem escolhida, só há um caminho:

    o blog "Poesia Portuguesa"

    que assim continue a ser em 2007

    ResponderEliminar
  6. Olá!
    Aqui, sim!
    Aqui é que a regra é haver poemas de blogs.
    Gabo-te a paciência para fazeres uma tão completa colectânea.
    Também aqui agradeço o comentário à minha história de Natal.
    E renovo os votos de um belíssimo 2007.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. è lindissimo este poema do Amaral ... como aliás tudo o que escreve.

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Quando já nada tiveres ainda ter-me-ás a mim! Gostei...simples e franco...

    Parabéns Amaral e a este vale encantantado com a poesia...

    ResponderEliminar
  9. Bem hajas por dar a conhecer alguma da poesia que por aí fora se vai construindo.

    E que assim se mantenha esse teu "esforço".

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Belo poema de Amaral de Nascimento!
    Parabens pela escolha!

    Queria pedir autorização se podia linkar-te no meu blog...

    Obrigada

    Um Bom Ano de 2007 com muita saíde, paz e amor!

    Um abraço da
    Maria

    ResponderEliminar
  11. E' *TUDO* TAO BELO, MAS TAO PROFUNDAMENTE BELO* que eu fico LENDO, OLHANDO e fico sem palavras!
    _OBRIGADA!
    Minha alma como que se "embala" e acalenta!

    Tentarei voltar antes do Fim de Ano, mas.. se me nao for POSSIVEL entao aqui ficam meus sinceros votos de que 2007 seja *NOVO*!
    NOVO EM AMOR (RENOVADO!)!
    EM PAZ!
    PAZ DE FACTO!
    E LHE TRAGA A CONCRETIZACAO DE ALGUNS OBJECTIVOS!
    O MESMO DESEJO E@ EXTENSIVO A TODOS QUE POR AQUI PASSM VISITANTES AMIGOS_TODOS_!!!!!!

    MEU ABRACO!
    Heloisa B.P.
    *************

    ResponderEliminar
  12. Olá:

    Venho desejar-te uma passagem de ano com óptima disposição.
    Que 2007 te propicione todas as metas que para ele tens traçadas.
    Muitas felicidades

    Um beijo,

    ResponderEliminar
  13. Passemos com os nossos pés nus.
    Possamos todos mergulhar nas águas.

    Um Abraço a todos os que leiam e aos que não leiam estes votos.

    ResponderEliminar
  14. Passemos com os nossos pés nus.
    Possamos todos mergulhar nas águas.

    Um Abraço a todos os que leiam e aos que não leiam estes votos.

    ResponderEliminar
  15. Este poema é de um sentimento muito rico... que nos toca profundamente "Ainda assim, ter-me-ão a mim"

    Obrigado por mais um poema maravilhoso...

    Continua com a mesma FORÇA E VONTADE em transmitir-nos os teus sentimentos.

    Um excelente 2007, repleto de muito amor e saúde.

    Um beijo do Amigo "Montanheiro"

    ResponderEliminar
  16. Feliz descuberta o teu blogue ...Gostame e pasarei máis por aquí.

    ResponderEliminar
  17. :) é sempre bom ter alguem qd tudo o mais acabou :) ... bom ano

    ResponderEliminar
  18. NOvamente um poema genial, simplesmente... sem dúvida!
    Obrigado au autor e a ti, por o pqrtilhares
    jhs doces

    ResponderEliminar
  19. Gostei muito de ler, Parabéns ao autor.


    Feliz 2007!


    Beijinhos

    Isa

    ResponderEliminar
  20. Passei por aqui para te desejar uma boa noite... e, naturalmente, para relêr este lindo poema.

    Parabéns ao autor.

    Um beijo do "Montanheiro"

    ResponderEliminar
  21. It is the best work, which I ever ve seen Everything is so harmonious, that even such aggressive critic as I would not be desirable to change anything!
    - portuguesapoesia.blogspot.com b
    spaghetti alla carbonara

    ResponderEliminar
  22. Ah, é sempre bom saber que em TODAS as situações temos alguém com quem contar...

    Bem, passando mesmo p/desejar um ANO NOVO de muuitas realizações!! E que tu consiga cumprir as tais promessas que tds fazemos. Um vida de felicidades!!!

    Parabéns, mais uma vez, pelo lindo e organizado blog!!!

    Bjos

    ResponderEliminar
  23. ______0___o__o__o0_0__o_o__0
    _____0___o__o_o__0_0__o___o__0
    ____0_o___o___o__0_0___o___o__0
    ____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
    ___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
    ___00000o000o000o0_000o000o0000o0
    ___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
    ___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
    ____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
    _____0000o0000________ 00o000o000
    ______0000000___________0000000
    ________00__________________00
    _______00____________________00
    ______00______________________00
    _____00_______TIM_TIM__________00
    ____00___FELIZ 2007______ _____ ___00
    _000000________________________000000


    BEIJINHOS E DIVERTE-TE NA PASSAGEM DO ANO :)

    ResponderEliminar
  24. para as lembranças não se acabarem, não se romperem os laços, não quebrarem-se os cristais, nem irem os anéis nem os dedos.

    Chorar

    Chorar me lembra o nascimento de um rio.
    Que destino levará tanta água de sabor.
    O mar é o lenço que absorve a correnteza,
    Sem saber bem da certeza
    Que levou tanto chorar.

    Mas se prossegue o coração achando um jeito,
    E a vontade ainda no peito,
    De tanto se desejar.
    Aí não mais me lembra o rio sem destino,
    Me lembra a chuva pedida
    Que fará o chão rasgar.

    um beijo
    Naeno

    ResponderEliminar
  25. Que o Ano Novo te traga tudo de bom quanto a vida contém.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Que o Novo Ano vos traga ...
    cor, calor, alegria, magia, energia, felicidade, simpatia, paz, saúde, amizade, amor, sentimentos, emoções, agitações, lágrimas e canções...tostões
    Que cada dia de 2007 vos faça ...
    sentir, sorrir, sonhar, imaginar , acreditar e Viver com toda a intensidade que merecem.
    Aprendam, sintam, reagam, lutem pelo melhor,acreditem!
    Que seja um Ano de...
    paz, tolerância, compreensão, conforto, justiça e Amor
    Que estes números mágicos... 2007 nos unam cada vez mais e intensifiquem a amizade que nos une e a cumplicidade que nos caracteriza. Sejam felizes e façam felizes alguém... todos os dias e por favor, cheguem ao fim do ano e digam: Caramba, Valeu a pena!!!!
    Desejo-vos o melhor ano de sempre, durante o qual alcancem os vossos melhores e mais secretos sonhos e que realizem e concretizem os melhores objectivos.
    Beijinhos
    BOM ANO!!!!!!!

    ResponderEliminar
  27. No Minho temos um ditado popular que diz que «maior é o ano que o mês», por isso desejo a maior felicidade para o ano 2007.

    ResponderEliminar
  28. Poesia poruguesa, lamento profundamente, só agora te ter descoberto, vim pelo rasto da Nadir. Pois, como amante da poesia, já devia ter chegado, mas os homens não são perfeitos. Desculpa. Agora, como já conheço esta casa, por obrigação moral e intelectual, cá voltarei com a assiduidade que esta casa merece.
    Até sempre e vamos continuar a levar a poesia por esse mundo fora.
    Obrigado.

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,