sexta-feira, janeiro 12, 2007

H2O


Pintura de Susan Rios


és símbolo químico
que brota da terra

água fresca tatuada na rocha
dás vida à vida

discreta quando habitas nas nuvens,
no horizonte és energia
e fonte do ser.

ouves-me nos desejos
da palavra que não é escrita

circulas no meu sangue e vibras,
deixas que te sinta no coração.

imóvel olho-te
mostras-te rainha no mar,
princesa encantada no rio
que aquece a alma, nos lagos

da tua voz escorrem
hesitantes ternas sombras

olho a tua tonalidade
sinto o desperdício da humanidade

hoje és lágrima
no meu rosto...


(Poema da Lena Maltez in Cabana de Palavras)


...que se transformem em SORRISOS doce Lena, aqui te deixo um carinhoso ABRAÇO e rápidas melhoras...



Ouvir o poema na voz do Luís Gaspar
(Desligar p.f. a música de fundo para ouvir o poema)

19 comentários:

Manel do Montado disse...

Adoro, entre outros, este poema da Lena.
Bj para ti e fica bem

Amaral disse...

Simplesmente genial este poema da Lena!
A inspiração é uma coisa divina: quando chega, descarrega em catadupas. Só então serenamos!...

Anónimo disse...

Poema tão lindo!

E declamado pela Luis...é simplesmente genial!

Ainda estou submersa nas palavras que li...e ouvi!

Beijossss
Maria

lena disse...

menina linda, uma imagem perfeita, uma voz que toca e nos enche de emoção, numa grande sensibilidade, fizeram crescer o que por mim foi escrito

obrigada, a emoção deste momento é muito grande e isso devo a ti e ao Luís Gaspar.

um abraço cheio de ternura e carinho, beijinhos muitos, e breve vou estar bem tenho a certeza

lena

Peter disse...

Gostei de ouvir o poema dito na voz de Luís Gaspar (não sei quem é). A imagem que escolheste é adequada, fez-me lembrar Iemanjá.

Belíssimo o poema do DMF que deixaste no Peter's.

Tb desejo as melhoras da autora, a quem felicito pelos seus versos.

De Amor e de Terra disse...

Olá bom dia, minha Menina tão marota...
Quero em primeiro lugar agradecer a tua presença...
depois, dizer à Lena que apesar de "hoje ser lágrima no seu rosto",amanhã, será "sorriso em seu olhar"... e ainda enviar votos de rapidas melhoras.
ÀS duas, os meus Parabéns, pelo poema, pela imagem, pelo bom gosto de sempre.
Beijooosssssssssss
Maria Mamede

wind disse...

belo!
Beijos

Anónimo disse...

Poema lindo sem dúvida e que pintura fantástica... parece uma fotografia...
;)

Isabel Magalhães disse...

Eu sou ÁGUA!



mas faz-me falta o SOL!





bjs.

Anónimo disse...

Que esta fórmula química da água se mantenha imutável no nosso planeta!...
Nós é que teremos que mudar os nossos hábitos se quizermos viver com mais poesia e menos preocupações com a matéria!
É sempre com muito agrado que visito este sítio.
António

Samantar Mohi disse...

H2O vale pelo que é, por aquilo onde é, e por o que reflecte e distorce sob o buraco negro lunático que nos suga e espelha o principio aquático dos nossos fins...no nosso leito alfamico...

Talvez encontre a paciência necessária p'ra postar hoje...talvez!

DE PROPOSITO disse...

A água fonte de vida, e a vida fonte de água. A recíprocidade da existência. É que sem vida a água não faz sentido.
Fica bem.
Manuel

Amaral disse...

Hoje, o meu comentário é bem curto:
"Faz feliz a parte de Mim que és tu!", que talvez queira dizer: "Menina, faz Deus feliz!"
No meu sítio, tentarei explicar!...

Samantar Mohi disse...

O assassinato do outrora talvez


em



www.samantarmohi.blogspot.com

hummmm
porque não?

Anónimo disse...

A água é vida e este belo poema traduz isso mesmo.
Parabéns pela escolha do poema e da foto, lindíssima!

Beijinhos

Anónimo disse...

Confesso que este Poema foi escrito com uma sensibilidade muito apurada, e obviamente, mais fácil nos toca (a todos...).

"circulas no meu sangue...", ou ainda "Hoje és lágrima no meu rosto..." a essência da vida que nos faz sentir humanos.

Simplesmente bonito !

Parabéns à autora (e espero que se encontre melhor...)

Para ti minha amiga... um até logo

Um beijo do "Montanheiro"

Paula Raposo disse...

Adoro tudo o que tenho lido da Lena!!

Anónimo disse...

E se nao fosse a agua onde estaria a Humanidade e a inspiração da Lena :) um beijo a todos

Naeno disse...

Não dá prá se expressar outra reação, a não ser de comoção, quando se estar a observar uma obra bonita. E esta poesia é bela.


Naeno