quarta-feira, janeiro 31, 2007

manda embora a solidão...


Imagem de Nick Knight



Da transparência das palavras germina espontaneamente a alma de quem as escreve...



Demorada a noite
aperta-me nos seus braços
e fala-me baixinho
de espaços
onde os sonhos se elevam aos sentidos
e
unidos
somos pedaços
e momentos
perfeitos...


Terna a noite
segreda-me os corpos suados
colados
em beijos perdidos
e
no bailar dos gemidos
relembra-me as mãos
soltas
livres
como pormenores inconscientes
da ausência de privação...


Incendeio...
transbordo de ti...

Sente-me!


(Poema da Cris in O sorriso da lua...)

9 comentários:

  1. MA-RA-VI-LHO-SO*!!!!!!
    Dispenso-me de outros adjectivos!
    A IMAGEM ESCOLHIDA A "DEDO D'ALMA"!!!
    BELA!
    Fica um ABRACO!
    Heloisa B.P.
    ***************

    ResponderEliminar
  2. A essência feminina de mulher amante no auge. Excelente poema e igual escolha.
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Mais um bom apontamento sobre a dança dos sentidos.
    Bjs
    TD

    ResponderEliminar
  4. Obrigada, Poesia, por teres escolhido um dos meus poemas para colocar neste teu cantinho tão especial... fiquei mt contente :)

    Tenho estado realmente um pouco ausente por motivos de saúde, mas agora q conheço este lugar mágico tentarei cá vir mais vezes.
    Qt ao meu blog, podes de lá tirar sempre o q quiseres, pois é mt gratificante saber q quem nos lê, de alguma forma, nos sente e gosta!

    Um beijinho mt grande!
    Cris

    ResponderEliminar
  5. Poema Lindo...suave para a alma!

    Cris...deves ser uma grande poetisa... parabens menina!

    Espero ler mais poemas teus aqui neste cantinho tão belo para todos os que amam a poesia!

    Beijos ambas... Cris e a Memina!

    :)
    Maria

    ResponderEliminar
  6. Este cantinho continua a ser um bálsamo poético... continua...ainda bem que o eco recebido é proporcional à grandiosidade da mensagem!

    PARABÉNS!

    ResponderEliminar
  7. Adorei o poema é muito bonito mesmo...E a imagem também.

    Bjs* e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  8. Adorei a poesia e a imagem


    ......{\........._____.....,
    .....{*.\.....(*~*~*).../}
    ....{.~.*\....////^^\../~}um anjinho
    ....{*....\..(((/.6.6./.*} para te
    ....{..*.~.\.)))c..=.)*..} proteger
    .....{*...*.////'_/~`.~.} e te iliminar
    ......{~.*.((((.`.`\.*}' sempre!!
    .......`{.~.)))`\.\))_.-:<*> e lhe dar boa sorte.
    ..........`{.(()..`\_.-'`.`:'
    ............`)/.`..|
    .............(....\' \
    ..............\....\ .\
    ........_ .__\...| /
    ........|` `'...``Y;
    ........|./``-../../
    ........`'......|./
    ................/.`-._

    (`“•.¸(`“♥•.¸ ¸.•“´) ¸.♥•“´)¸.•“´)
    «`“•♥.¸¸.•“´» Mara(¸.•“´(¸.•“´ `“•.)`♥“ •.¸)

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,