sábado, fevereiro 17, 2007

Tempo


Óleo de Alfred Gockel



Não questiono a vigília,
Mas não a procuro...
Quando cruzo os céus e os mares
À procura de respostas
Voo contigo
Num estado de delírio que me quiseste dar...
Não sei quem comanda o sonho
(Ou o sono)
Mas sei que torna a viagem mágica!
Vejo-te mudo
Através da vidraça empoeirada pelo tempo...
Esfumas-te por instantes
Num tempo para lá do tempo,
Tomas a forma de um corpo...
Revejo a tua face e o teu sorriso,
Reduzo a distância,
Nos teus braços,
Ao zero absoluto!


(Poema de PoesiaMGD)



Em tempo: O meu agradecimento a Maramar(T.E) (deixado num comentário) pela indicação do autor da tela, que não tinha conseguido identificar.

15 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

A poesia é uma forma de aproximação: entre pessoas, entre povos, entre culturas...

Belíssima definição desse amplexo fabuloso que a poesia proporciona.

Cinco estrelas, como é hábito!...

-=amadorjp=- disse...

É sempre bom ver poesia escrita na nossa língua. EU tenho dado meu humilde contributo em dois espaços que tenho, mas é sempre bom confirmar que existe tanto poeta "anónimo" que escreve maravilhosamente bem.
São as palavras que fazem os homens!
Bem hajam!

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Tempo.. tempo... e mais tempo... o tempo é tudo!

Bonito poema!

1 bijo =^.^= tarina

Teresa David disse...

Vinda da Menina Marota encontro outro bonito poema este diferente mas igualmente agradável de se ler.
Bjs
TD

João Filipe Ferreira disse...

este site está lindissimo:)
podias recomendar o site www.luso-poemas.net , aposto que muitos dos que cá visitam iam adorar participar nele, bem como o visitar..
parabens por dares valor a uma arte que faz parte da nossa cultura:)
beijaooo

PoesiaMGD disse...

Obrigada, volte sempre!
Bj

PoesiaMGD disse...

Tive algumas dificuldades em comentar os textos deste blog. Daí, ficar-me por aqui nos comentários! Achei admirável a ideia que teve para este blog! Não o conhecia mas adorei partilhar este espaço! E voltarei! A partilha da escrita e da pintura faz de nós imensamente mais ricos! Parabéns!

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

♡  ♥Beijos    ♡    ♥Beijos      ♡       ♥Beijos

♥Beijos    ♡      ♥Beijos       ♡   ♥Beijos ♡   


         ♡    ♥Beijos   ♡      ♥Beijos    ♡         

Anónimo disse...

Visito este espaço quase diáriamente...nunca comentei mas faço-o hoje para lhe dizer que a poesia, a arte e a musica se misturam "aqui" numa paleta de cores sempre reinventadas e únicas

Parabéns

maramar(T.E)

NOTA:Aproveito para lhe dizer que o autor do óleo é: Alfred Gockel

pode encontrar as suas obras aqui: http://www.alfredgockel.us/

herético disse...

muito belo, beijos

Anónimo disse...

"...Revejo a tua face e o teu sorriso..." no comando dos meus sonhos.

Bonito poema !!!

A música, que tão bem sabes escolher, é simplesmente deliriante, dramática... que se adapta muito bem ao poema. Só de ti... Marota.

Também gosto muito da tela, claro!

A sonhar... um beijo para ti e uma noite muito feliz.

Do amigo VR

Alves Bento Belisário disse...

Passo descarnado e desnudo......

Passei para por aqui por instantes me "vestir"...

Bj

In Loko disse...

Muito bom o poema... eu também em voos sem tempo procuro respostas e certezas, certezas que são cada vez menos, ainda assim vou procurando! Parabéns à autora ou autor. Abraço Poesia Portuguesa.

analuisa disse...

Que bom...entrar neste blog!
a poesia tem qualquer coisa de...sagrado que nos atinge como uma "revelação"!
analuisa

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

____8888888888888888888888
_____88888888888888888888
_______8888888888888888
_________888888888888
______________**
____####______**______####
___#######____**____#######
____#######___**___#######
_____######__**__######
________#####_**_#####
__________####**####
___________###**###
____________##**##
_____________#**#___________
Deixo uma flor, um sorriso e um beijo