terça-feira, março 20, 2007

Aguardando a Primavera...


Sandro Botticelli - "La primavera" (1482)


Já se afastou de nós o Inverno agreste
Envolto nos seus húmidos vapores,
A fértil Primavera, a mãe das flores
O prado ameno de boninas veste.

Varrendo os ares o subtil Nordeste,
Os torna azuis: as aves de mil cores
Adejam entre Zéfiros e Amores,
E toma o fresco Tejo a cor celeste.

Vem, ó Marília, vem lograr comigo
Destes alegres campos a beleza,
Destas copadas árvores o abrigo.

Deixa louvar da corte a vã grandeza:
Quando me agrada mais estar contigo
Notando as perfeições da Natureza!


Poema "Convite a Marília" de Manuel Maria Barbosa du Bocage
Sonetos-Ed.Europa América(Pág.38)



Dedicado ao Dia Mundial da Poesia


Ouvir o poema na voz do Luís Gaspar
(Desligar p.f. a música de fundo para ouvir o poema)

36 comentários:

  1. Bela escolha para o periodo que se avizinha,.

    obrigado,
    Menina

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia este poema de Bocage. Poema bonito a aguardar a primavera que está a chegar. Boa escolha.
    beijos do aaron

    ResponderEliminar
  3. Gran poema, llaga la primavera que cosas ¿no?, solo pasaba por tu blog.
    Esta muy bonito, muy padre.

    ResponderEliminar
  4. Mas que saudades eu tinha (tinha mesmo...)em visitar este espaço cheio de encanto e beleza. Bela escolha !!!

    Excelente homenagem a esse grande poeta Barbosa du Bocage, com um poema que não podia ser mais alusivo à época que se aproxima.

    Quanto à musica... esta inspira-nos !!!

    Obrigado minha amiga, por reencontrar este cantinho.

    Do amigo VR

    ResponderEliminar
  5. Afinal... não conseguia comentar, excepto como Anónimo, porque tinha que me registar no Google (pelo menos, recebi uma mensagem nesse sentido).

    Quero aproveitar para enviar a todos os Bloguistas um forte abraço e que este novo elemento, contribua para um maior e melhor intercâmbio...

    Para ti... minha amiga, um beijo muito especial, por toda a atenção que me dispensaste.

    Do amigo VR

    ResponderEliminar
  6. Parabéns!

    Hoje também é o vosso dia!

    ResponderEliminar
  7. hoje é o teu dia


    num abraço meu, cheio de carinho, vão os meus Parabéns pelo dia de hoje


    ler Bocage aqui encanta-me, chegou a primavera e a escolha foi perfeita


    beijinhos

    lena

    ResponderEliminar
  8. Só para contrariar os dizeres de Bocage, a Primavera este ano entrou com os agrestes dias de Inverno. A escolha está boa PP sempre apropriada, e a imagem é excelente! Fica bem...

    ResponderEliminar
  9. 4 anitos... lá pelo Micróbio! :-)

    ResponderEliminar
  10. Olá,
    Espero que me desculpe forma como faço os meus comentários, mas é pura e verdadeira...
    Para mim não chega, dizer está bonito ou lindo – por isso gosto de deixar pensamentos frases de outros autores como presente da minha gratidão e do meu encanto do que leio, do que observo nas imagens e na escrita.
    É a minha maneira de ser...
    A critica faço-as, da forma como somos tratados pelo Estado que ignora os problemas da nossa sociedade e como pouco ligam aos grandes talentos que encontro nos blogs.
    Peço desculpa e se alguém não gostar da forma como faço os meus comentários agradecia que me dissessem pois tentarei melhorar.
    Sou apenas uma amadora de escrita que escreve pela beleza de sentir na escrita as palavras que me vão na alma e penso que é essa a beleza que encontro naquilo que leio cada um escreve com a sua beleza.
    Não quero com isto desrespeitar ninguém até porque as palavras lindas, bonito têm um grande significado no meu vocabulário.
    Boa semana
    Desculpem-me a repetição do post, mas julgo que nem todos entenderam...

    Esta é a frase que vos deixo: se pudesses estar perto de mim talvez encontrasses a resposta porque te olho, porque choro sem te conhecer. Se um dia te encontrar entregarei o meu sorriso, é nele que escondo tudo aquilo que sinto só para te ver feliz.

    Beijinhos
    Conceição Bernardino
    http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Finalmente chegou a Primavera. É espantoso, mas sinto-me logo melhor.

    Já agora, acho que criar um blog dedicado à poesia portuguesa foi uma grande ideia. Só hoje descobri o blog, mas acho que vou passar a ler.

    Cumprimentos gloriosos,
    Lara

    ResponderEliminar
  12. Com um indesculpável dia de atraso, parabéns parabéns para ti, Poetisa...

    ResponderEliminar
  13. Que melhor para celebrar o dia da Poesia e chegada da Primavera do que com este gigante da palavra que foi o Bocage? Bela escolha, apesar de a Primavera ter chegado vestida de invernia, que parece já estar a despir!
    Bjs
    TD

    ResponderEliminar
  14. Bocage é um grande sonetista. Pensei que esta poesia era do Camões... mas é de facto Bocage o autor desta obra-prima.

    Parabéns pela escolha.

    ResponderEliminar
  15. Passo para lhe desejar um bom fim de semana.E dizer mais uma vez que adoro este seu espaço.
    Paulo Silva.

    ResponderEliminar
  16. Um poema extraordinário, que não lia faz muito tempo.
    Abraço do JA

    ResponderEliminar
  17. Boa noite, poetas e poetisas! Encanto-me cada vez mais com a poesia portuguesa. Toca forte n'alma! Convido-os a conhecer (desculpem-me se já o fizeram) a poesia contemporânea brasileira e a hispanoamericana nos portais:
    www.blocosonline.com.br e www.palavravirtual.com
    A poesia une o mundo!
    Abraços de Brasil.
    Sandra Araujo

    ResponderEliminar
  18. E escolheu muito bem! Parabéns! Um abraço

    ResponderEliminar
  19. Olá! encontrei teu blog passeando pelo Google.Deixe-me ficar aqui, lendo e apreciando os posts.Alguns poetas me são desconhecidos, porém fantásticos. Parabéns pela seleção.
    Se quiser visitar o meu espaço a Url é http://sofaazul.zip.net
    Um abraço. Betty blue

    ResponderEliminar
  20. Considero este blogue muito interessante, aliás, não só pela perspectiva nele contido, mas como, quase tudo é de uma cuidada selecção, na divulgação da poesia variada dos poetas anónimos. Por isso premiei-te com destaque no blogue da semana no meu "blogs of note"

    Beijos, bom fim de semana

    Aqui:
    http://ababushka.blogs.sapo.pt/blogten.html

    ResponderEliminar
  21. excelente escolha,

    brilhante o poema.

    Mais uma vez parabéns pela qualidade do teu blog.

    Um beijo e boa semana

    ResponderEliminar
  22. Nada como fruir a natureza na companhia da Marília...

    ResponderEliminar
  23. Olá poesia!

    Convido a quem tiver curiosidade a visitar o meu blog

    www.samantarmohi.blogspot.com

    e a ler o novo poema feito música "Olho em volta", audível em

    www.myspace.com/samantarmohi

    Espero que o oiçam e sintam como eu o senti!

    Abraço a todos....

    ResponderEliminar
  24. Boas escolhas literrários e poéticas...

    Saudações

    ResponderEliminar
  25. neudes de lucena26 março, 2007 23:23

    Acessei este blog. Parabens muito lindo.Inclui entre os meus favcoritos.

    ResponderEliminar
  26. Foi um prazer ter estado em Florença perante este quadro.

    ResponderEliminar
  27. Uma excelente escolha, como sempre!
    Bocage era (é) um dos Grandes!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  28. passei para te deixar um beijinho e ler a poesia que nos ofereces.

    ResponderEliminar
  29. Sempre um prazer visitar este Blog...onde a boa poesia portuguesa impera!

    Beijinhos

    Maria

    ResponderEliminar
  30. Parabéns

    Aqui respira-se poesia.
    Bocage, um dos meus preferidos - a sua lírica é comparável â de Camões.

    Boa Primavera

    Bjs.

    ResponderEliminar
  31. Mais uma bela escolha! Um abraço

    ResponderEliminar
  32. Um poema muito bem conseguido, mais uma vez parabéns!

    ResponderEliminar
  33. Leila Bosquerolli15 abril, 2007 23:23

    Que beleza! Adorei, além de vê-los ouví-los! Parabéns! Beijos!!!

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,