quinta-feira, maio 10, 2007

£oµ¢o Ðe £Î§ßoa

Num comentário deixado no poema anterior o £oµ¢o Ðe £Î§ßoa) mostrou toda a sua “loucura” e meteu uma cunha para aparecer no Poesia (é melhor lerem o comentário...)
Não é a primeira vez que partilho os In§†an†e§ ðe µm £oµ¢o e é com alegria que acedo ao seu pedido, porque este é um blogue de partilha a todos que amam a poesia e o valor das palavras…


Imagem do £oµ¢o Ðe £Î§ßoa


Se há diversas dimensões
Por que não vivem em mim?
Absorventes, inseparáveis
Sem nenhuma simetria.

Não há pendulos
Entre a chama que sufoca
E o oxigénio soluvel na água
Quando um se desenvolve
Através da realidade do outro.

Convivência,
Nem sequer passiva
Entre satisfação e privação
Contradições misturadas
De intuição e rectidão.
Paradigmas e sintaxes.

Tédio e tesão!

Permitam-me trespassar,
desordeiramente a fronteira.

...Das três dimensões...

(Poema do £oµ¢o Ðe £Î§ßoa)

13 comentários:

Anónimo disse...

É sempre um prazer vivitar este cantinho
Beijinhos
isa

Anónimo disse...

emendo: queria dizer visitar. desculpem. Isa

joão oliveira disse...

ola
gosto de vir aqui ler poesia portuguesa
bom fim de semana

carla mar disse...

passo por aqui muitas vezes...
hoje, especialmente, gostei da loucura do louco :)

Maria Carvalho disse...

Visito o Louco de Lisboa várias vezes. Gostei de o ler aqui. Beijinhos.

Maria Clarinda disse...

Excelente , adorei.Jhs aos dois

£oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Olá...

Estou a adorar o meu momento de fama!
(os lobbys funcionam, somos um país desenvolvido)

Gude dei per tê
Até outro instante!

E assim se quebram fronteiras, gracias...

.*.Magia.*. disse...

Pois...

O nosso querido Factor 'C'

Até em poesia se usa...
Assim se trespassam as três dimensões...

A dimensão da 'vontade'
A dimensão do 'atrevimento'
e
A dimensão da 'loucura'

Louco, ficam-te bem estes devaneios!

Poesia Portuguesa, ficam-te bem as letras do Louco...

Eu é que já não estou bem aqui, sinto-me um atentado a esta janela de comentários...

...

A.Mello-Alter disse...

Lindo

Thiago Forrest Gump disse...

Estou enlouquecido, por onde vou encontro com o Louco e a Magia!

Ainda descubro que são os donos da internet!

Anónimo disse...

de poetas e loucos temos um pouco- alguém disse isto, não lembro quem, mas gosteei muito do poema
beijinhos

lena disse...

Poesia

hoje li dois em um

Magia e £oµ¢o Ðe £Î§ßoa dois blogs que leio desde sempre, desde os seus inícios na blosfera


poesia sempre muito bem elaborada que me enche a alma de magia e loucura

o querer da Magia, misturado na satisfação do £ouco, deixam-me a pensar

ainda me pergunto porque escrevo se tenho tanto e tão bom para ler, que consegue satisfazer-me e matar a sede das palavras


dois momentos excelentes Poesia, dois momentos que me deliciaram e continuam a deliciar, que me tocam e me enchem de alegria

delicioso, mágico e louco vê-los aqui também

estão de parabéns os três espaços por me deixarem conviver com as vossas partilhas, saboreá-las e alimentar-me

abraço-vos com palavras

um beijo Poesia, por tanto nos dares

lena

Cleopatra disse...

Para seres verdadeiro sê inteiro...
Assim como és.