segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Poema felino...


Imagem nos Queridos Gatos


Sou gato.
Que terror!
Faça lá o favor,
De não ser fatalista!
Sou gato.
Gato preto, bem preto.
E vivo como um senhor,
Neste mundo,
Que a todos, nos desafia...

Sou gato.
Gosto muito de minha cor,
Quando de toda a ninhada,
Minha mãe a viu pintada,
No terceiro gato que dela nascia,
Deu-me com todo o amor,
Uma inesquecível lambidela,
Que na minha memória de gato,
Me ficou ela gravada,
Para o resto de minha vida!

Sou Gato Preto.
Assumido.
Que presunção,
É a minha!
Mas se vos intimida a cor.
Olhem-me para os olhos,
Que vos espreitam agora,
De forma tão tranquila.
São vivos,
Atentos,
Em permanente expectativa.
A cor?
O Verde da esperança,
Já viram?
Tenho a certeza que vos inspira,
Muito mais autoconfiança.

E neste instante de partilha,
Faço eu meu auto-retrato,
Que por princípio, eu não queria.
Sou gato.
Mas que mistério...
Tanto silêncio me vem desse lado,
Fale-me agora de si,
Pois eu sou como todo o gato,
Que se preza de o ser,
Muito curioso.
Venha daí agora com muita auto- estima,
Aquilo que de si também me fala,
Sua bela fisionomia!

Poema de Beatriz Barroso in
Porosidade Etérea

10 comentários:

Paula Raposo disse...

Gostei imenso deste poema. Do gato tenho os olhos...beijinhos.

Leonor disse...

ola otilia
venho agradecer-te os parabens.
beijinhos

Graça Pires disse...

Gostei do poema. Gosto de gatos pretos. Não sou supersticiosa. Um beijo.

xico cintra disse...

Menina Marota:

Cheguei aqui guiado por mão amiga.

Que lindo gato! Tão imaculadamente preto!

Gostaria de lhe endereçar um convite para ver o meu blog. Estou a começar nesta vida e gostava de ter um feed-back sobre o que pretendo fazer.

Obrigado e receba um respeitoso abraço.
Xico Cintra

Carlos Martins disse...

O gato, com aqueles "olhos cor de mel" , bem poderia ser uma "gata"

Carlos Martins

rouxinol de Bernardim disse...

Poesia «felina»... que garra!

Maria Clarinda disse...

Delicioso este poema dos n/amigos felinos.
Jinhos e obrigada pelos momentos lindos que continuo sempre a passar por aqui

Outonodesconhecido disse...

Poesia e gatos?! já não saio daqui. Adoro felinos e poesia também.
parabéns

Denunciante de violação de direitos de autor disse...

Alerto para a violação da lei dos direitos de autor com a publicação deste trabalho fotográfico sem uma eventual autorização de genuino autor (que não é o "Queridos Gatos", segundo me apercebi ao verificar lá a referência a outro autor). Cumprimentos (Carla)

Poesia Portuguesa disse...

Cara Denunciante de violação de direitos de autor...

Creio não violar os direitos de autor da foto constante deste post, uma vez que está indicado o nome do blogue onde ela foi recolhida (Queridos Gatos) e é nessa página, que é referido o nome do autor da imagem.

É uma questão de se deslocar ao referido site, procurando o nome do autor.

Aliás, foi propositada esta referência, já que é hábito da administradora deste blogue, indicar, desde que o saiba, os nomes dos autores das imagens aqui colocadas.

Cumprimentos