sexta-feira, março 07, 2008

O Beijo da Chuva.


Imagem da Isabel Filipe


Nos umbrais do pensamento
Mora o desejo no limite da razão
Roubando os segredos do corpo
Lançando ao vento a emoção

Uma rosa breve guarda a beleza
O amor é orvalho de feliz pranto
O horizonte é o começo do infinito
A chegada de uma onda é alegro canto

As pequenas coisas são traços
De singela tatuagem na areia
Que o mar aprisiona no azul
Pelos braços da maré-cheia

O curso errante do teu espírito
É gaivota fugida à tempestade
Perdida num manto de bruma
Sentindo do mar a saudade

Teus passos não deixam marcas
O teu mar tem a cor da ilusão
Um canto liberto foge amargura
Que te assaltou o coração

Esta terra prende-te os pés
Este abismo clama por um céu azul
As palavras devoradas pelo silêncio
Jazem em ilha perdida no sul

Onde moram as tempestades
Onde os Deuses se divertem
Onde as hortênsias não medram
Onde os sonhos se subvertem

Sussurra a noite esta verdade
Nas espigas de Lua da tua cabeça
O teu coração escolheu os meus olhos
Para encontrar o rumo da tua incerteza

Uma sombra foge à luz
Uma lágrima põe-te a vista turva
Será que o teu rosto é ribeiro de sal
Ou recebeste…O beijo da chuva…

(Poema de
O Profeta)

22 comentários:

Sophiamar disse...

Um poema de algu�m que ama o est�tico e o l�rico.
Excelente!

Beijinhosssss

poetaeusou . . . disse...

*
poesia portuguesa
,
breve pensamento
sentido na areia
pela ilha assaltada
sussurra a tempestade
na morada da noite
,
conchinhas
,
*

O Profeta disse...

É uma honra querida amiga...podes tirar o que quizeres...quanto à musica, clica no meu aparelho de reprodução musical e vais parar ao site, aí é só copiar o código...

Um terno beijinho de agradecimento

Mário Relvas disse...

Todos recebemos o beijo da chuva, mas também o beijo do sol radioso.
Gostei do poema e agradeço o comentário no canto do autismo.

saudações e um sorriso

PS:mais uma bela imagem com assinatura da Isabel Arte e Design.
"E não sabe fazer logos, faria se soubesse"!

Marta disse...

Lindo - um refúgio de palavras vividas, desenhadas com doçura....
Adorei....
Obrigada pela visita...
Até já
Beijos e abraços
Marta

Fernanda Papandrea disse...

como é linda e delicada a poesia!

lua prateada disse...

Passei para te deixar um raio do meu luar...Estou partindo para minha lua e te deixo com saudade...
Bom fim de semana.
Beijinho prateado com carinho
SOL

rouxinol de Bernardim disse...

Um encantamento para quem tem sensibilidade poética!

Boa escolha! como semnpre tem sido apanágio deste cantinho onde mora a sabedoria!

Anónimo disse...

Alta musica!!!!!
Kisss Aragão

helena disse...

Sublime, como todos os poemas do "nosso" Profeta.
Beijinho para ti que o escolheste e para ele que o escreveu

© Piedade Araújo Sol disse...

Já tinha comentado este poema no outro palco.

Fazes sempre umas belas escolhas.

beijo

Odele Souza disse...

Tanto o poema quanto a imagem. Belíssimos.

Um beijo.

Meg disse...

Belíssima a imagem da Isabel.
O poema também é muito bonito e muito bem escrito.

Parabéns

Um abraço

Jofre Alves disse...

Em tempos – ainda com os cueiros da adolescência – tive a veleidade de “poetar” umas coisinhas de fazer envergonhar os codessos do Minho. Cresci e curei-me da mania de escrevinhar poesia, mas o gosto e amor à poesia ficou-me cá. E ainda bem que me curei e fiquei apaixonado pela lírica, para poder apreciar esta página como ela é: de qualidade e cinco estrelas. Boa semana.

M.C. disse...

Olá,

Lendo o poema com a doce melodia da chuva acariciando o mar quando o céu está estrelado.

Ler O PROFETA é sempre um presente...

Belíssimo!

Obrigada pela visita!

Volte mais...

Abraços :)

Divinius disse...

Bonito post de um "velho conhecido"
:)

PLAUTO disse...

Passei de novo por aqui. Um blog obrigatório para quem gosta de ler bons textos.
Aos autores e à autora do blog, parabéns.
O bom gosto abunda nestas paragens onde respiramos a frescura da boa literatura.
PLAUTO

Vera disse...

Mais uma escolha excelente, como não poderia deixar de ser. E adorei a foto. A Isabel é fantástica.

Beijinhos

Vera

Paula Raposo disse...

Adoro os poemas que se lêem de várias maneiras...e a imagem da Isabel está excelente, como sempre. Beijos.

Anónimo disse...

O Profeta é um ser cheio de sensibilidade
Beijinhos
Tita

ana bela disse...

Gostei do seu BEIJO DA CHUVA. Parabéns. Vou começar a visitá-lo.
brizissima

Dmytro disse...

Gostei imemso do poema espero que escreva mais do tipa destes