quarta-feira, março 21, 2012

Dia Mundial da Poesia

Sonhei que escrevia um poema nas ondas do mar e as letras docemente espraiavam na areia fina formando as estrofes da minha memória saudando a Poesia neste seu Dia... (Otília Martel)


Pintura de Estall



Aos Poetas

Somos nós
... As humanas cigarras!
Nós,
Desde os tempos de Esopo conhecidos.
Nós,
Preguiçosos insectos perseguidos.
Somos nós os ridículos comparsas
Da fábula burguesa da formiga.
Nós, a tribo faminta de ciganos
Que se abriga
Ao luar.
Nós, que nunca passamos
A passar!...

Somos nós, e só nós podemos ter
Asas sonoras,
Asas que em certas horas
Palpitam,
Asas que morrem, mas que ressuscitam
Da sepultura!
E que da planura
Da seara
Erguem a um campo de maior altura
A mão que só altura semeara.

Por isso a vós, Poetas, eu levanto
A taça fraternal deste meu canto,
E bebo em vossa honra o doce vinho
Da amizade e da paz!
Vinho que não é meu,
mas sim do mosto que a beleza traz!

E vos digo e conjuro que canteis!
Que sejais menestreis
De uma gesta de amor universal!
Duma epopeia que não tenha reis,
Mas homens de tamanho natural!
Homens de toda a terra sem fronteiras!
De todos os feitios e maneiras,
Da cor que o sol lhes deu à flor da pele!
Crias de Adão e Eva verdadeiras!
Homens da torre de Babel!

Homens do dia a dia
Que levantem paredes de ilusão!
Homens de pés no chão,
Que se calcem de sonho e de poesia
Pela graça infantil da vossa mão!


Poema de Miguel Torga in "Odes"


...bom dia a todos e, em especial, aos Poetas neste Dia Mundial da Poesia. ♥♥♥♥♥

5 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

um belo poema de Torga neste dia dedicado à Poesia,

um beij

Mar Arável disse...

Este... também é um dia

de poesia

Rita Freitas disse...

Lindíssimo este poema de Miguel Torga. Bela homenagem à poesia

Hélio Soares Pereira disse...

Linda poesia.
O poeta passa deixando pingos de luz perfumados para sensíveis olhos sonharem. Hélio Soares Pereira.

Jaime A. disse...

Somos realmente homens da torre da Babel (nunca tinha pensado nisto...).
Um poema em "água-forte", magnífico!!