sábado, dezembro 10, 2005

Anda daí...





Anda, vem sentir o cheiro da
terra molhada
Depressa, antes que seque e
não reste mais nada
Até esta folha no chão caída
tem marca visível da linha
da vida

Pega nela, leva-a para ti
marca uma página no livro
antes do fim
Engana essa lágrima na
chuva que cai, retém o
arco-íris que aos poucos
se esvai.



Poema de Gaivota in Gaivota da Ria


Imagem daqui

37 comentários:

  1. Gostei deste poema, é maravilhoso a forma como é dito e mostra que vale a pena viver a vida :)

    Bjokitas para ti e Bom fim de semana repleto de sorrisos apaixonados :)

    P.S-» Obrigada pelas tuas palavras no meu pequeno mundo.

    ResponderEliminar
  2. Gostei do poema da Gaivota, porque há poesia nos seus versos.
    Ressalta-me deliciosamente "Até esta folha no chão caída, tem marca visível da linha da vida."

    ResponderEliminar
  3. Linda fotografia. Mais ainda o poema. :)

    ResponderEliminar
  4. (...) Engana essa lágrima na
    chuva que cai (...)
    Não me é estranho este comportamento.
    Quanto ao poema, é excepcional e os meus parabéns à autora e a quem o publica.
    Beijo de boas noites.

    ResponderEliminar
  5. Boa ideia, esta de fazer uma selecta do que consideras os melhores poemas publicados em blogs (pelo menos foi essa a filosofia que me pareceu estar subjacente a este teu blog).

    Obrigado pela visita à padaria da minha bisavó Joana.
    Agora diz-me uma coisa: não matas umas mosquinhas ou umas baratas ou mesmo umas queridas formiguinhas?
    eh eh eh

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Obrigada do fundo do meu coração por teres gostado deste meu desabafo em forma de modesto poema.
    Sentimentos e gritos às vezes saiem e outras vezes ficam contidos, é preferivel deita-los cá para fora, eu sei, mas quantas vezes os sufocamos, os nossos apelos, os nossos desabafos... Um beijo grande no teu coração.Mais uma vez obrigada.

    ResponderEliminar
  7. Tive uma réstea de net normal e vim cá desejar-te um bom começo de semana e saciar a minha sede das palavras que escolhes.

    Este poema é um grito lindissimo, vou já conhecer a sua autora.

    Beijoka da Lina/Mar Revolto

    ResponderEliminar
  8. Querida PP
    Vou passando...
    Um beijo
    Daniel

    ResponderEliminar
  9. Bonita combinação de poema e musica e imagem. Perfeito. Aproveito para desejar um feliz Natal. Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Boa simbiose entre poema e imagem:) beijos

    ResponderEliminar
  11. É um dos poemas da Gaivota que mais gosto. A ela e a ti - parabéns!

    E Por falar em Gaivota: ela está meio sumida... bom vê-la por cá, para atenuar a saudade.

    ResponderEliminar
  12. Que dizer?
    poema - como gosto das coisas pequenas e simples!
    imagem - 3 cores somente!

    ResponderEliminar
  13. Um bonito poema da Gaivota que aqui reli, agradavelmente. Bonita imagem em complemento. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Passei para reler e lembrei a mnha meninice.
    (...) Anda, vem sentir o cheiro da
    terra molhada (...)
    Beijo e boa semana

    ResponderEliminar
  15. um cheiro que me agrada

    este poema da Gaivota é lindissimo,
    a imagem é bela também

    não conhecia o blog,

    a ti que partilhas sempre estas maravilhas fica um agradecimento especial

    beijinhos meus

    lena

    ResponderEliminar
  16. impossível recusar este convite! :D

    ResponderEliminar
  17. Leve, bonito, positivo. Um belo poema.
    Beijos e boa semana

    ResponderEliminar
  18. Também aqui me encontras...
    Beijo

    ResponderEliminar
  19. Um daqueles poemas que nos desperta um sorriso e a vontade de seguir o convite! :)
    Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  20. Também aqui me encontras...
    Beijo

    ResponderEliminar
  21. Gostei muito deste poema, como aliás do blog no seu todo.
    Aproveito para a convidar a visitar o nosso blog www.anossapena.blogspot.com
    Gostaria de a linkar no nosso blog.

    ResponderEliminar
  22. Olá poesia,
    Ando sem tempo para visitar os amigos da blogosfera, deixo desde já do meu mundo para o teu, o desejo de um Feliz Natal na companhia de quem té é mais querido.
    O desejo que este teu Natal seja festejado com muita harmonia, paz e muita alegria.
    Um beijinhu com muito carinho :)

    ResponderEliminar
  23. Tb gosto muito da Gaivota...faz parte das minhas visitas habituais...


    beijokitas para ti...

    ResponderEliminar
  24. e como cheira bem!
    "Anda, vem sentir o cheiro da
    terra molhada"

    ResponderEliminar
  25. Continuas com boas escolhas.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  26. Preciosa invitacion de palabras :)
    besito

    ResponderEliminar
  27. Tão bonito!
    ...e como é bom o cheiro da terra molhada.

    Boa semana. beijinho.

    ResponderEliminar
  28. a imagem é já um poema. a interminável linha de árvores floridas em rosa-alilasado....poema de cor e leveza. O poema tem muita beleza. Adorei a "marca visível da linha da vida(...)2 na "folha caída no chão(...)". Boa semana. parabéns a quem escreveu e a quem postou. Bjs e ;)

    ResponderEliminar
  29. Lindo!
    Não conhecia
    Obrigado por teres partilhado palavras tao profundas.
    Bjx e boa semana

    ResponderEliminar
  30. Que imagem linda !!
    'gamei-a' ;-)

    Um abraço e uma beijoca

    ResponderEliminar
  31. Como me apetece nadar por esta poesia, como se de um oceano de sentimentos se tratasse. Parvoíce! É mesmo um mar de emoções!

    Obrigado pelo banho!

    Obrigado pelas palavras quentes lá no meu charquito!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  32. Belo poema e uma foto espectacular, PP :-)
    Beijoca

    ResponderEliminar
  33. O poema é lindo!

    "Poesia Portuguesa"

    QUERO DESEJAR

    UMAS FESTAS FELIZES

    COM MUITO AMOR, SAÚDE E MUITA PAZ

    Beijos c/amizade

    ResponderEliminar
  34. Vou fazer uma pausa durante as Festas. Do coração desejo-te um Feliz Natal e um óptimo ano de 2006.
    Beijos , amiga.

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,