quarta-feira, março 08, 2006

Neste Dia da Mulher...


...dedicado a todas as Mulheres, mas em especial, às Viúvas do Mar…

Imagem de autor desconhecido


No passeio junto à praia,
do outro lado da estrada
duas mulheres de negro
caminham apressadas,
o vento fá-las dobrar
as saias parecem asas
debatendo-se no ar.

Do outro lado da estrada
no passeio junto ao mar
duas mulheres gemendo
parecem quase voar,
na cabeça lenços pretos
encobrem-lhes o olhar,
as mãos apertam o peito
pra o coração não estalar.

O vento uiva mais alto
trazendo gritos da praia
um espanto para lá do mar,
elas correm, como correm
nem a água as faz parar
procuram cegas os barcos
e nada há que encontrar.

Só então abrem os braços
erguendo o punho ao ar
gritam de revolta e dor,
soltam seu ódio, seu mal,
chamam, choram de amor,
e as lágrimas abrem sulcos
naqueles rostos desfeitos.

Desceu um silêncio à praia
era a morte a passear
por entre gaivotas feridas
todas de negro vestidas
olhos presos no mar.



(Poema "Destino" de Eugénia Tabosa)

15 comentários:

  1. MAGIFICO
    PRA UM DIA QUE DEVIAM SER TODOS.




    A.H.

    ResponderEliminar
  2. Bisneto e neto de pescadores, me emocionou por demais este poema tão real na vida da gente. Minha avó perdeu meu avô no mar e desde então, sempre no aniversário dele,fazemos uma missa no mar onde jogamos flores pra todos os que lá morreram também.
    Aprecio muito estes passeios aqui, mas hoje foi um passeio especial. Um beijão pra vc neste dia especial da mulher

    ResponderEliminar
  3. Muito bom este poema. A realidade de muitas mulheres. beijos

    ResponderEliminar
  4. Ler este texto ouvindo esta música parece-me o cenário perfeito para uma noite destas... muito bom gosto!

    ResponderEliminar
  5. Bonita e sentida escolha para este nosso dia especial!
    Gostei muito!
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Um bonito poema e blog.

    Bjs.

    M.M.

    ResponderEliminar
  7. Lindo o poema...
    não conhecia

    bjs

    ResponderEliminar
  8. Boa escolha e excelente homenagem às mulheres de um povo marinheiro.
    Excelência também é escolha do bom para outros.
    Beijo

    ResponderEliminar
  9. Este não conhecia... mas foi um prazer ler Tabosa, cuja obra desconheço completamente...
    Talvez um dia deste encontre por aí...

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  10. Uma bela homenagem à mulher, àquelas que sofrem e se angustiam na sua espera. Bjs

    ResponderEliminar
  11. Uma óptima escolha para este dia. Beijinhos, amiga.

    ResponderEliminar
  12. Um beijo enorme numa mulher gigante!
    Jinhos linda! Voltei...

    ResponderEliminar
  13. Que outra coisa é o fado, senão suspiro, gemido, de gente do mar? De mulheres do mar?

    ResponderEliminar
  14. "Desceu um silêncio à praia / era a morte a passear", mais do que o ar sombrio da morte é a vida a abrir brechas nos braços erguidos como ondas de mar…

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,