terça-feira, maio 02, 2006

Maio... ou a Canção da Primavera...

Eu, dar flor, já não dou. Mas vós, ó flores,
pois que maio chegou,
Revesti-o de clâmides de cores!
Que eu, dar flor, já não dou.

Eu, cantar já não canto. Mas vós, aves,
Acordai desse azul,calado há tanto,
As infinitas naves!
Que eu, cantar, já não canto.

Eu, invernos e outonos recalcados
Regelaram meu ser neste arripio...
Aquece tu, ó sol, jardins e prados!
Que eu, é de mim o frio.

Eu, Maio, já não tenho. Mas tu, Maio,
Vem, com tua paixão,
Prostrar a terra em cálido desmaio!
Que eu, ter Maio, já não.

Que eu, dar flor, já não dou; cantar,não canto;
Ter sol, não tenho; e amar...
Mas, se não amo,
Como é que, Maio em flor, te chamo tanto,
E não por mim assim te chamo?

(Poema de José Régio)

(Imagem de Luana Silence)

9 comentários:

  1. Maio,em plena primavera e já prenúncio de Verão, anunciado na Natureza que se renova, sempre inspirou os aristas, sempre deu voz aos poetas.E José Régio, escreve numa idade menos primaveril, a tristeza de "já não dar flor" e a interrogação de ainda querer amar.Parabéns pelo excelente casamento entre o texto e a imagem, minha querida . No fundo, somos muitos os que andam a chamar o Maio para as nossas vidas!

    ResponderEliminar
  2. Começar Maio com José Régio é como abrir os pulmões ao cheiro doce da terra e encher os olhos de carmim das papoilas...
    um beijo amiga,
    jorgesteves

    ResponderEliminar
  3. :)
    Começamos lindamente com um brinde ao mês de Maio.
    Bjx e boa semana

    ResponderEliminar
  4. Bonita forma de começar o mês de Maio! José Régio num delicioso poema.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Maio belo e florido, é o meu mês...
    Belíssima escolha, este chamamemto ao encanto da primavera.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Despida de quase tudo, também eu canto maio, com palavras, que a garganta não ajuda e a voz prende...
    Vestida apenas de aragem branda
    E dos sons que só a alma entende!...


    Maria Mamede

    ResponderEliminar
  7. A autora Maria de São Pedro, a Papiro Editora e a Fnac têm o prazer de convidar V.Exas. a estarem presentes para o lançamento do livro GATO PEDRA no dia 19 de Maio, pelas 19.00h na Fnac - Cascais Shopping.

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,