sexta-feira, junho 09, 2006

Tango


Imagem do Ognid


Dança comigo uma dança latina.
Qualquer uma.
vermelha
quente
sensual.
Apenas nós numa pista de dança
madeiras velhas
candeeiros quebrados
ambiente vermelho
orquestra decrépita.
Deixa-me agarrar-te
guiar-te os passos
rodopiar contigo
dobrar-me sobre ti
suspender o tempo
quase beijar-te.
Recomeçar
e repetir
até que os nossos corpos
suados de desejo e de cansaço
rubros do esforço
nos obriguem a parar.

(Poema do Ognid)

19 comentários:

  1. Ó Barnabé ....

    Toca tangos!!!

    ResponderEliminar
  2. poesia isto está o máximo!!!!! bela imagem. belo poema!!!quem dança comigo???
    beijosssss
    :-)

    ResponderEliminar
  3. O poema deixa adivinhar o cenário que a imagem trasnparece e que a musica ilumina.
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. dancei nas palavras deste tango, deixei-me conduzir,
    senti a emoção do poema e da imagem tão bem coseguida

    um beijo, o meu

    lena

    ResponderEliminar
  5. Até fiquei com vontade de aprender a dançar.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  6. Não está complicado não... Na verdade está complicado é ter blog no Brasil. Estou transferindo todo Blog for Blog para meu site, no tópico "Blogs" estou colocando tudo o que está no blog, procurando fazer algo ainda melhor... Faz uma visita, você vai gostar do resultado, ok?
    Um abraço...

    ResponderEliminar
  7. Gardel ou Montiel, Marceneiro ou Amália, Muñoz ou Olgarra; do Tango ao Flamengo com a mistura precisa do Fado...
    Curioso como a Saudade anda perdida, aqui, pelo meio...

    jorgesteves

    ResponderEliminar
  8. tou-te parabelizando pela excelente escolha; a forma desinteressada como aqui colocas blogs de outros para dares a conhecer a poesia deles é fantástico. Tou a pensar abrir um blog, se precisar de ajuda, venho ter contigo. Ok?
    Beijão do JN

    ResponderEliminar
  9. Apresentas uma faceta do Ognid que desconhecia. Alias o excelente fotógrafo que ele é ao belo poeta. Estou encantada. Parabéns Ognid, e felicito-te Poesia pela maravilhosa conjugação que nos apresentas.
    Um bjinho e uma flor

    ResponderEliminar
  10. Bem, eu sabia que tinhas roubado a imagem, agora o poema não ;) obrigado por o teres colocado e um beijo.

    ResponderEliminar
  11. hummm, adoro dançar, adoro tango...adorei as palavras

    ResponderEliminar
  12. É a sensibilidade do Ognid a manifestar-se, e a tua também.

    Obrigado pela partilha e pelo 'fogo' deste tango...

    ResponderEliminar
  13. Olá,
    o tango, a magia da dança, o amor, aqui tão bem retratados... Amei.. Bjhs grandes e boa semana, esta mais curtinha

    ResponderEliminar
  14. com o sabor a "tango antigo"!...

    ResponderEliminar
  15. amarodematos@hotmail.com12 junho, 2006 15:00

    ;)

    ResponderEliminar
  16. Olha-meoOgnidcomodançabemotango!!!!!

    :-)

    ResponderEliminar
  17. Este tango, de certeza que não termina como aquele do anúncio da cerveja!!!
    Muito bonito!

    ResponderEliminar
  18. Pelo amor de Deus me envie urgente...peço ancarecidamente.

    Claro dando todo crédito merecido...esse poema sobre tango é maravilhoso

    aninhak_ama@hotmail.com

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,