quinta-feira, junho 08, 2006

Um Amor Libertador...

O texto que aqui deixo, foi deixado num comentário. 
Resolvi partilhar...

Óleo de Frederic Leighton




Sei de um lugar,

onde iremos enfim,
juntos ...
e juntos nos haveremos de encontrar
(Para Sempre)!

Onde o Mundo acaba,
onde as terras desabam,
premente a chama,
labareda acesa,
o olhar...

Onde o rio se abre ao mar,
num doce arrepio...
para nos deixar passar…

Sei um sentir,
de Princesa/Bruxa...
De Mulher/Menina...
De um Príncipe encantado!
Vou-to contar:
Entregar-se ao Abraço,
aliviar o cansaço,
esquecer o Mundo!
O Monte da Lua
(a tua lua secreta)
Mas saber deixar-te partir...

Um Amor Libertador...


(Autor: Anónimo)

9 comentários:

  1. Mas que comentário!!! Lindo demais.. será um apaixonado?? Ah ah... claro que estou a brincar.. Bjhs

    ResponderEliminar
  2. Olá!Vim agradecer-te a simpática visita e dizer que gostei imenso do teu espaço e as imagens são mesmo fantásticas!Bjs :-)

    ResponderEliminar
  3. Poesia, obrigada pela partilha deste poema sedutor, aliás, já o tinha lido em prosa no post anterior... não é só um poema de um Amor libertador mas tb arrebatador! O anonymous tem uma alma sensível, de sentimentos profundos que toca os corações!

    ResponderEliminar
  4. aqui estou eu, fresquinho vindo da praia que estava um espectaculo paea apreciar estes momentos tão belos e ao som de um tango!!!
    Beijão vou-te ler

    ResponderEliminar
  5. Olá Poesia Portuguesa!
    Vim deixar um beijo, quanta honra a tua homenagem aos meus poemas!
    Partilho com muito gosto, fico feliz por teres gostado e reformulado com belos acrescentos!

    Volta sempre, abraço de Princesa

    ResponderEliminar
  6. amei este poema! meu preferido de todos que li.
    obrigada, por partilhares connosco.

    ResponderEliminar
  7. ta lindo,momento unico

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,