quinta-feira, agosto 12, 2010

103 anos depois...

... continua VIVO entre aqueles que amam a sua Poesia.


Miguel Torga

"Segredo" na voz de Luis Gaspar


SEGREDO

Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo.

Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
A voar...

in "Diário VIII"


Nota: Para ouvir o poema desligar a música de fundo do Blogue, por favor.

15 comentários:

Ashera disse...

"continua VIVO entre aqueles que amam a sua Poesia."
Sempre presente em mim!
Obrigada Também ao Luís Gaspar.
A perfeição existe.
Beijos e mais beijos

A.S. disse...

É verdade! Torga continua entre nós através da sua poesia!
Parabéns ao Luis Gaspar

Um beijo para ti!
AL

Ashera disse...

Recebi email da querida Menina Marota dizendo que não conseguiu comentar, trago o que ela me disse:
*******
Uma bela homenagem ao Homem que não sabia mentir!

"Porque não sei mentir,
Não vos engano:
Nasci subversivo.
A começar por mim - meu principal motivo
De insatisfação -, " (excerto)

in, Orfeu Rebelde pág. 7

Imagem e Poesia disse...

Bela poesia...
Gostei de aqui visitar: ler e sentir indescritíveis.
Beijinhos
Ceiça

Heloisa disse...

TAO, MAS TAO LINDO!!!!
(As vezes apetece retroceder no tempo e "agarrarmos com dentes e unhas" a singelza, a pureza de alma que estes versos denotam! E... a VOZ do Luis Gaspar torna o POEMA uma realidade (quase palpavel...)BELA onde a ESPERANCA TEM LUGAR!

AMEI! Vi, Li, Ouvi, varias vezes!
SORRI E SORRIO AINDA!

OBRIGADA QUERIDA OTILIA! E...
OBRIGADA, CARO LUIS GASPAR!!!

TENHAM UM LINDO FIM DE SEMANA!

E... "OS POETAS NAO MORREM" (penso eu!E...os POEMAS onde a *POESIA* FAZ "LAR", SAO SEMPRE ACTUAIS (apesar dos seculos...)!

Heloisa.

Fa menor disse...

Gostei muito de relembrar este poema de Torga, e para mais tão bem declamado!

Obrigada!

Eduardo Aleixo disse...

Com ele me identifico: terra de mãos dadas com o ceu. Rocha e água. Asa e raiz. Olá, Torga.

João disse...

Desconhecia este blogue e fiquei impressionado com a seleção de poemas que aqui encontrei. Parabens ao seu autor.
Miguel Torga aqui muito bem lembrado já conhecendo esta gravação por a ouvir noutro local mas ficou aqui muito bem
Parabens a todos
João

João disse...

Desconhecia este blogue e fiquei impressionado com a seleção de poemas que aqui encontrei. Parabens ao seu autor.
Miguel Torga aqui muito bem lembrado já conhecendo esta gravação por a ouvir noutro local mas ficou aqui muito bem
Parabens a todos
João

Rosa Silva ("Azoriana") disse...

Estive cá, neste palco da poesia. Parabéns e aplausos para a autora do blog por recordar as maravilhas e o "Segredo" de Miguel Torga.
Abraço

Terra de Encanto disse...

Uma sublime combinação de palavra escrita e palavra falada. Maravilhoso. Adorei!

Anónimo disse...

SEMPRE DE RECORDAR ESTA PEQUENA PÉROLA QUE MIGUEL TORGA NOS DEIXOU!
BEM DITO E REPRESENTADO PELO LUÍS GASPAR.

BJS, MM

LEONOR (ASPÁSIA)

aminhapele disse...

Uma pessoa fascinante.
Tive a sorte de o conhecer em miudo,porque meu pai lhe fazia muitas vezes a revisão de provas tipográficas.
Dizem que era ríspido e agreste.
Recordo-o de uma maneira diferente.
Muitas vezes mereceu o Nobel e nunca o conseguiu.

Graça Pires disse...

Miguel Torga foi e continua a ser um dos meus poetas favoritos.
Este poema é uma jóia...
Beijos MM

Jaime A. disse...

Há tantos anos que li este poema... ainda hoje me encanta!!
Grato pela partilha.