segunda-feira, julho 29, 2013

Não me perturbes

Michael & Inessa Garmash  


Não me perturbes.

Quero reclinar o meu peito no regaço da terra

descer num casulo de luz pairar como a bruma 
na urze calada e perfumada da serra.

E não perturbes o meu silêncio
que dorme nas folhas das minhas mãos.

Na criança adormecida em mim
ficam as pegadas na presença dos silêncios,  
nos diálogos e gestos escritos na areia polida 
das minhas palavras.
E não perturbes o meu silêncio
que dorme nas folhas das minhas mãos.
Não perturbes estas folhas que rodeiam o meu corpo 
povoando esta alma de música que ninguém ouve.
Não quero miscelâneas no meu poente.
Quero nascer os olhos em bocas de alegria.
Deixa ser-me criança, vestir de novo esta fantasia.

E não per tur bes o meu son ho.
Quero adormecer a noite enganar a lua
morrer o passado nesta inquietação
desta 
chama
nua


in,  “Eu Poético”

5 comentários:

tecas disse...

Uma excelente escolha, querida Menina Marota! Quem tem a poesia na alma merece ser reconhecida! E, a Manuela Barroso é poeta de alma e coração!Raros são os que escrevem poesia com a sensibilidade poética a transpirar em cada verso.
Magnifico poema.
Parabéns pela escolha e um aplauso à autora.
Quando uma diva da poesia escolhe a poesia de outra diva existe o bem maior que une quem ama a palavra:A SOLIDARIEDADE POÉTICA! Coisa rara infelizmente no mundo dos poetas.:) Beijinho minha querida e bem hajas por existires. Um beijo e uma flor para ambas.

manuela barroso disse...

Minha querida amiga OM

Não sei agradecer os gestos.
As palavras retraem-se perante a atitude de tão grande simpatia.
Dizer que me tocou profundamente será o limite do meu vocabulário!
Muito obrigada por merecer um lugar na sua casa!
Carinhoso abraço

MBarroso

lectorwall disse...

Amiga, Otília Martel, lindo poema de Manuela Barroso!Parabéns pela escolha. Parabéns à poetisa!
Bjis
Manuela Carneiro

A.S. disse...

Lindo este poema da Manuela.
Um poema que convida à introspecção...

Beijo!
AL

Pérola disse...

Uma grande poetisa com palavras hipnotizantes.

beijo