segunda-feira, janeiro 02, 2006

O Natal pelos olhos da criança…

deixo-vos um delicioso poema que encontrei no Blog Sombra do Deserto

O Natal inocente




Natal é uma menina,
que me vem dar a mão.
Natal é o Pedro e o João.

Natal é dar um beijo,
pela manhã ao pai e à mãe.
Natal é dar amor a quem
o quer e não tem.

Natal é lá na escola,
quando todos dão as mãos,
abrem a sacola e repartem
o seu pão.

Natal é ÀÀÀ, III, óóó.
Natal é não estar lá.
É estar aqui e não estar só.

9 comentários:

mixtu disse...

Natal é não estar só...
Natal é caminhar...
Natal é gostar da vida...
e como esta é bonita,
... mas é mesmo bonita!

mixtu disse...

à Poesia...
Saludos

Isabel-F. disse...

sem dúvida lindissimo...
cheio de ternura.

Beijinho

Rui @t Blog disse...

É com muito prazer que vejo aqui a referência ao Sombra do Deserto, na transcrição de um poema, sem dúvida muito bonito e cujo autor desconheço.
Dou igualmente os parabéns por este blog que passei a conhecer e decerto a frequentar.
Com os meus cumprimentos mais sinceros.

Elise disse...

beijos, bom 2006 para ti!

Thiago Forrest Gump disse...

Daqui a pouco servirá para este Natal! loooooooooooool

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Lindoooooooooooooo
Agora que o Natal acabou, desejo um bom ano, este que agora começou...
Bjx

Cleopatra disse...

Adoro o livro "O Pássaro da Alma"

Já o oferecei 3 vezes..

Acho que nem todos o entendem...

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site...
Prozac + side effects celexa and dieting julia interracial Mega millions jackpot current house insurance over 50s Find jvc dvd players