quarta-feira, julho 12, 2006

Rubra Sombra...


Imagem de Louisa Schlepper



A sombra que me envolve não é pálida.
É rubra, solitária, palpitante!...
É sombra que anuncia noite cálida
Qu’implora a companhia dum instante!

É sombra que sugere uma crisálida
Escondida no peito dum amante…
Sabendo que talvez possa ser válida
Como vinho de efeito embriagante!..

Mas como desvendar o seu segredo
Se não puder suster todo o meu medo
E nela penetrar com decisão?

Quem sabe se os meus sonhos em romagem
Serão exactamente a sua imagem
E a sombra se transforma em clarão!

(Poema de Natividade Negreiros
in "Lugares Secretos")

11 comentários:

  1. Essa "sombra escondida no peito de um amante" tem um nome: paixão. É rubra,cálida e espera alguém.
    abraços Pitanga

    ResponderEliminar
  2. (¯`v´¯)
    `*.¸.*´
    ¸.´¸.*¨) ¸.*¨)
    (¸.´ (¸.´ .´ ¸¸.¨¯`.
    Bjx

    ResponderEliminar
  3. A sombra que paira nos amores impossíveis?
    Bela imagem a condizer com o enigma do poema.
    M. C.

    ResponderEliminar
  4. Muito sóbrio, mas a pensar em embriaguês!...

    A qualidade é tudo!

    Não conhecia mas... não está mal
    e tem um 2cheirinho2 especial1

    ResponderEliminar
  5. Mais um poema bonito. Ah! essa nossa língua...linda...

    beijos

    ResponderEliminar
  6. O que é mais bonito? A foto ou o Poema ?

    ResponderEliminar
  7. A qualidade do poema e da imagem é enorme.. gostei.. bjhs e bom fds

    ResponderEliminar
  8. Fascinante! O poema e a imagem a preto e branco que me leva a momentos meus, intimos e belos.
    Bjsss
    :-)

    ResponderEliminar
  9. Belíssimo este soneto de Natividade Negreiros
    Esta visita que habitualmente faço ao "Poesia Portuguesa" é sempre particularmente compensadora, quer pela beleza dos poemas que connosco partilhas, que pela delícadeza das imagens com que os ilustras.

    C. :)

    ResponderEliminar
  10. Conheci pessoalmente esta poetisa...era uma pessoa plena de vida e força interior!Bom gosto!Bjs :-)

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,