quarta-feira, julho 05, 2006

Vem para mim


Óleo de Ina Lukauskaite


Vem para mim,
Mas olha primeiro o mar.
Traz-me o seu azul
Reflexo no olhar
(com o cheiro da maresia)
De relance deita uma mirada
Rápido ao sol e
assim reterás o amarelo.
(com um aroma de canela)
Peço-te mais,
Que me tragas
o arroxeado do poente
(olorado por lilases)
E o verdejante dos vales
na Primavera
(com o sabor do alecrim).
Queria também
nos teus olhos
O terno e quente
alaranjado
(mais o cheiro do jasmim)
Com que se pinta o céu
Na alba de mais um dia
Desejado.
Contigo, vem o vermelho,
(com um aroma de violetas)
Nesses rios
que te escorrem do peito,
aberto em borbotões.

Vem para mim
Com esse corpo
esguio e anilado
Meu arco-íris
Sentido, vivo,
Belo e só por mim sonhado
Vem para mim
Com esse teu cheiro
De mil aromas feito
A amor amado

(Poema do Vic)

11 comentários:

Fernando Bravo disse...

E não é que os cheiros e sabores são mesmo importantes nestas coisas? ;)

Joe Nunes disse...

Uma imagem a ilustrar muito bem um belo poema, de cores e sentidos.

Cmp

J. N.

ponto azul disse...

Está muito bonito e a mim toca-me a parte do "azul"...Bjs :-)

Barão da Tróia II disse...

Um poema em 3D, excelente, quase em 4d pis quase consigo tocar.

lique disse...

Um poema com a extraordinária qualidade do Vic/Yardbird. Uma forma de escrever de uma "elegância" impecável!
Beijinhos

Ana disse...

Gosto do que o yard escreve... e gosto do teu blog, também :-)
Voltarei mais vezes, bjs

Claudinha disse...

Um belo e colorido poema! Vou visitar esse blogue do vic lolol
bejinhossssss
:-)

amita I disse...

Notória é a elegante subtileza dos belíssimos poemas do Yardbird. Parabéns, Poesia Portuguesa, por mais uma excelente escolha.
Um bjo e um doce sorriso

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

:)
Bonito
Beijos e bom fim de semana

Passeando no Parque disse...

Mais uma volta por um dos meus parques favoritos onde a poesia transborda de colorido e amores. Uma beleza!!!

C. disse...

Um belo e colorido poema, que nos fala aos sentidos.
Muito próprio para o teu blog.

C.