domingo, setembro 28, 2008

Em mês de Aniversário...

O Poesia Portuguesa nasceu da ideia de divulgar, para além dos já consagrados, poetas que se encontravam “escondidos” no imenso mundo dos blogues.

Creio, poder dizer, que se atingiram os objectivos propostos e muita gente que era então desconhecida, ganhou alento para partilhar, fora da blogosfera, a sua poesia, o que muito me apraz registar.

Ao perfazer 3 anos de existência neste mês de Setembro e que foram essencialmente dedicados à poesia que fui descobrindo, AGRADEÇO a TODOS os que partilharam as emoções neste mundo de palavras que, muitas vezes, é um caminho difícil e longo de percorrer.

Tem sido muito solicitado ao Poesia Portuguesa para que divulgue, também, as palavras dos Poetas consagrados na nossa Poesia e será isso que, a partir deste terceiro aniversário, os leitores encontrarão.


Imagem de F.Koroleva


POESIA

De onde vem – a voz que
nos rasgou por dentro, que
trouxe consigo a chuva negra
do outono, que fugiu por
entre névoas e campos
devorados pela erva?

Esteve aqui – aqui dentro
de nós, como se sempre aqui
tivesse estado; e não a
ouvimos, como se não nos
falasse desde sempre,
aqui, dentro de nós.

E agora que a queremos ouvir,
como se a tivéssemos re-
conhecido outrora, onde está? A voz
que dança de noite, no Inverno,
sem luz nem eco, enquanto
segura pela mão o fio
obscuro do horizonte.

Diz: “ Não chores o que te espera,
nem desças já pela margem
do rio derradeiro. Respira,
numa breve inspiração, o cheiro
da resina, nos bosques, e
o sopro húmido dos versos.”

Como se a ouvíssemos.


Nuno Júdice in "Meditação sobre Ruínas" pág.87/88

13 comentários:

Inês Ramos disse...

Feliz aniversário para este espaço tão útil. E bonito.
Um beijinho,
Inês

Luís disse...

parabéns!

excelente trabalho de divulgação e amor pela poesia.

abraço MM

(luis eme)

Anónimo disse...

Parabéns.
Pelo aniversário.
Pelo blog.
Pela partilha.
Pela musica.
Poesia Portuguesa.
SEMPRE!!!!!!!
Muitos beijossss

OrCa disse...

Parabéns, claro, tanto mais que, em poesia, cada passo dado é que enforma o caminho... e, assim sendo, ficamos todos nós de parabéns.

Venham outros mais. E outros. E outros. E outros...

Ashera disse...

Muitos parabéns
Obrigada pelo email
Sou fã de Nuno Judice
Boa semana
Beijos
Ashera

Filipe Antão disse...

Alguém amigo indicou-me este blogue pela qualidade. É um facto que registo de bom grado. Quase 2 horas de leitura com música de excelente bom gosto e muito apropriada. Parabéns ao seu autor.
Um abraço
Filipe Antão

Paula Raposo disse...

Parabéns! Obrigada por me teres divulgado aqui neste espaço lindo! Obrigada por continuares. Obrigada pelos Poetas que nos trazes. Obrigada por este belo poema do Nuno Júdice! Muitos beijos.

Graça Pires disse...

Um belo poema de Nuno Júdice.
Parabéns ao blog "Poesia Portuguesa", com um agradecimento especial pelas muitas vezes que divulgou a minha poesia. Um beijo MM.

Maripa disse...

Feliz aniversário!

Parabéns por este "sítio" tão bonito,onde entro muitas vezes para ler a Poesia de qualidade que por aqui passa.
A música serena-me.

Bem haja por partilhar.

Beijo com carinho.

VFS disse...

Apenas para lhe expressar os meus Parabéns e para desejar que não se fique pelos próximos 3 anos.

Obrigado

Hélder disse...

Muitos parabéns e obrigado pela coragem de não teres desistido.

Fica bem.

elvira carvalho disse...

Feliz aniversário. Vai atrasado mas é de coração.
Gostei do poema, não conhecia nada deste autor. Na verdade também o meu "A mulher e a poesia foi criado com intenções semelhantes. Só que re refere apenas à poesia no femenino, e não só do país mas de todos os que falam a lingua portuguesa.
Um abraço

José Eduardo Seregato disse...

eu tb gosto de publicar poesia de outros autores em meu blog. Vc tem que pedir autorização do autor para publica-los ou é livre? (meu blog não tem fins lucrativo)