quarta-feira, outubro 22, 2008

Disse


Imagem de Zé Ruivo


Disse
Não disse
O que disse
Foi que disse
Que não queria dizer
O que disse
Não foi o que dizem
O que disse
Mesmo os que ouviram dizer
Não entenderam
o que disse Pois o que disse
Não era o que queria dizer
No sentido de contradizer
Que disse,
Pois direi
Não é maldizer
Dar o dito por não dito
Obviamente
Não entenderam
Será um estilo
Desencontros das palavras
Da autoria de quem disse
Maledicência, difamação
Perseguição politica
Obviamente
Manipulação das situações
A partir de uma analise
Não é correcto
Prenunciar-se
Fora do contexto
Obviamente
Procurando um resultado
Surgindo do nada
E nada do que disse
E o que disse
É nada


Poema de C Valente

18 comentários:

C Valente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
C Valente disse...

Não tenho nenhum problema principalmente quando o autor é referenciado com neste caso, esteja á vontade,
Quando quiser aparece
Saudações amigas

Anónimo disse...

E eu disse que este poema está very nice!!! Não disse?????
Canoas de beijos valente
Joana

Teresa Durães disse...

gosto do jogo de palavras

helena disse...

Extraordinário conjunto imagem/palavras!!! O jogo destas últimas é soberbo! E quem disser o contrário, decerto não entende a força da mensagem e todos os sentidos do "disse" "não disse"
(digo eu ...)
Parabéns ao poeta e a ti Otília, pela escolha
Obrigada

Aníbal Raposo disse...

Interessante poema e jogo de palavras.

Se quiserem aparecer em

http://apalavraeocanto.blogspot.com

serão bem-vindos.

Aparecerei.

Anónimo disse...

Cheguei aqui por outro local de poesia e gostei mesmo muito deste. Luisa

Paula Raposo disse...

Gosto deste jogar de palavras...beijos para ti para o autor.

heretico disse...

belo poema. beijo

Jaime A. disse...

Parabéns! Você foi galardoado (a)!


Jaime A.
www.soprodivino.blogspot.com

Hélder disse...

Interessante jogo de palavras.Parece o jogo do gato e do rato...do disse e do nada...
Parabéns a quem escreveu e a quem escolheu!

Anónimo disse...

Pessoalmente não gosto...mas só porque me faz lembrar os discursos dos nossos politicos.

Anónimo disse...

Pessoalmente não gosto...mas só porque me faz lembrar os discursos dos nossos politicos.

A.H

Anónimo disse...

Há o Zé Ruivo tá uma ternura, um simbolo de paz (mais que perfeito).


A.H.

f_mg@yahoo.fr disse...

passei aqui por acaso mas gostei... blogue de 5 estrelas parabéns

Lucinha disse...

Olá passando pra deixar meu carinho parabéns pelo blog.. beijosssss
http://sonhosecarinhosdetimel.zip.net

Wlado disse...

Ola, gostei muito dessa idéia, estou me deliciando neste blog de Poetas que não querem ser calados! Alguém tem que ser a voz da arte, ou dos artistas!!! Parabéns pela atitude!!! Vou linkar no meu espaço e continuar me inspirando aqui! Por acaso esse blog é português? Ou seria brasileiro?

Anónimo disse...

morro qando a noite chega ao fim...
ao fim de um sonho, um sonho que contigo vivi.

as vezes penso em ti,
apetece-me voltar a sonhar.
contigo no meu sonho,
para sempre vou te amar!

o tempo voa;
um tempo sem fim.
a teu lado quero permanecer,
vezes sem fim...

por: mp2f@live.co.uk