quarta-feira, dezembro 30, 2020

Feliz Ano Novo!




Já ouvi doze vezes dar a hora

No relógio que diz que é meio-dia

A toda a gente que aqui perto mora.

(O comentário é do Camões agora:)

«Tanto que espera! Tanto que confia!»

Como o nosso Camões, qualquer podia

Ter dito aquilo, até outrora.

E ainda é uma grande coisa a ironia.


Fernando Pessoa in, "Poesias Inéditas", a págs. 605

Obras Completas, Vol. I


4 comentários:

  1. Que seja lindo o recomeço pra cada um de nós! FELIZ 2021! beijos, chica

    ResponderEliminar
  2. Sempre bom de ler, mesmo quando é provocador, este nosso Pessoa.
    Um ano com tudo de bom para si e para toda a sua família.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. you are reading this massage yourself. God is preparing a great blessing for your life. God can do anything amen .......

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,