sexta-feira, outubro 01, 2021

OUTUBRO



Outubro a abrir brechas na memória

Pano de fundo de loucas paixões

A violar-nos por dentro

Metáfora, hipérbole, paradoxo

Folha arrancada a imaginário calendário

Este frio na alma a gritar solidão!

A chuva teima em cair

Pérolas de nácar escorrem te do rosto

Cobre a névoa teus passos

Que se afastam--------já não és

Corpos de pedra no jardim dos sentidos

Visto-me do silencio que não queremos quebrar

Partimo-nos por dentro

Desmontamos pedra a pedra a catedral do tempo

E eu num prenuncio de equinócio

Fico- me aqui a contar horas perdidas 


Desenho e Poema de Wanda Campos

7 comentários:

  1. Muito a propósito que estamos a 1 de Outubro. Amei o desenho e o poema escolhidos. Parabéns à autora.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Que poema lindíssimo de Wanda Campos neste "Outubro a abrir as brechas da memória" a partir-nos por dentro... Inspirador desenho a acompanhar.
    Tudo de bom para si minha Amiga.
    Um bom fim de semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Hermoso poema. Gracias por las delicias que surgen...
    Saludos. 🙋‍♀️🌹

    ResponderEliminar
  4. Paixão por poesia... Novo nestas andanças... Partilho https://mtojo.pt/

    ResponderEliminar
  5. Ah, obrigado. Vou tomar como minha
    a sua poesia uma vez que outubro é
    o mês que meus pais escolheram para
    eu nascer. O amor entre eles? Ah, isso
    foi no início de dezembro, nas festas
    de fim de ano e eu o presente dos dois.
    Parabéns poeta. Parabéns e obrigado.
    Um beijo e um abraço desse tamanho para
    você.

    ResponderEliminar
  6. Excellent post. I really enjoy reading and also appreciate your work. This concept is a good way to enhance knowledge. Keep sharing this kind of articles, Thank you.
    pest control in kochi
    pest control kozhikode
    sanitization service
    safest control near me
    bio security services in kerala

    ResponderEliminar

Caros visitantes e comentadores:

Obrigada pela visita... é importante para cada um dos autores da poesia constante deste blogue que possas levar um pouco deles e deixar um pouco de ti… e nada melhor que as tuas palavras para que eles possam reflectir no significado que as suas palavras deixaram em ti.

E porque esta é uma página que se pretende que seja de Ti para TODOS e vice-versa, não serão permitidos comentários insidiosos ou pouco respeitadores daquilo que aqui se escreve.

Cada um tem direito ao respeito e à dignidade que as suas palavras merecem. Goste-se ou não se goste, o autor tem direito ao respeito da partilha que oferece.

Todos os comentários usurpadores da dignidade dos seus autores são de imediato apagados.

Não são permitidos comentários anónimos.
Cumprimentos,